quarta-feira, 27 de março de 2013

XIV Campeonato Brasileiro de Karate-Do Shotokan JKA 2013 Curso Técnico com Mestres e Atletas da Seleção Brasileira JKA


Maiores informações veja no site Oficial da JKA Brasil

Agenda da Associação Londrinense de Karate


29,30, 31/03/2013- Passeio da Terceira Idade para Palmas do Arvoredo-SC e Guaratuba.
28/04/2013- Treino Especial com Alunos da região e comemoração dos aniversariantes do mês de abril.
01/05/2013- Visita de intercambio para Paraíso do Norte e Treino especial.
26/05/2013- Treino e reunião com os membros da diretoria da Associação.
30/06/2013- 169º Exame de faixa.
Viagem de intercambio para Sertanopolis- data a confirmar.

Associação Londrinense de Nihon Karate Kyokai

quinta-feira, 7 de março de 2013

R E I G I - COMPORTAMENTO EDUCADO NO DOJO

CONCEITO DE ETIQUETA SOCIAL :

São regras que possibilitam a convivência social de forma harmônica, no trabalho, nas escolas, durante as refeições, na forma de conduzir uma conversa, na maneira de vestir-se,
no envio e no recebimento de correspondências ( cartas, emails, etc.). O mais importante é ter bom senso. Nós devemos nos adaptar ao mundo e não o contrário.
Exemplos: No trabalho não utilizar a Internet para proveito próprio (redes sociais); nas escolas não utilizar o celular durante as aulas; vestir-se de acordo com o ambiente para não se destacar (peixe fora do aquário); utilizar linguagem correta no envio de emails. À mesa: guardanapos de tecido sempre no colo; regrinha do cotovelo ( sempre, às vezes, jamais ), não palitar os dentes; nos restaurantes de frutos do mar a lavanda é para limpar as mãos; usar o guardanapo antes de beber (não manchar o copo); nos restaurantes japoneses a toalha quente é para limpar as mãos; nunca desmanchar os sushis e não banhá-los no shoyu; nunca beber antes do mais graduado. Evitar o excesso de álcool. Evitar fazer morro, dois andares ( excesso de comida) no prato. Para os homens que vestem paletó, deixar sempre o ultimo botão sem abotoar e saber a diferença de terno e costume; não mostrar a sola dos pés; etc.



ETIQUETA NO DOJO
Também chamado de REIGI. São regras de conduta exigidas nas artes marcias de origem japonesa. São formas de externar o respeito e a disciplina de maneira formal. Sofre variações de dojo para dojo, quem determina as regras do dojo é o Sensei.

Palavras do Sr. Nobuyuki Nakahara Sensei: Atualmente há quatro formas de abordar e ensinar o karatê:
1- Karatê como forma de ginástica, simples programa de tonificação muscular.

2- Karate como esporte, jogo, competição, onde usa-se mascaras, luvas e o vencedor
é quem faz mais pontos de acordo com as regras de quem promove o evento.

3- Karatê como entretenimento para agradar uma grande multidão, onde a agitação e o
sangue escorrido dos lutadores agradam ao público em geral, ( UFC, Pride, K1).

4- E a quarta maneira é como uma arte marcial ou Budo (o caminho marcial ). Este é
o caminho da JKA/ NKK.

Sendo então arte marcial, é primordial e obrigatória a utilização do REIGI no aprendizado e no ensino do karatê. Lembrando que num sentido mais profundo o karatê é baseado no bushido, onde as regras de conduta do samurai eram tão importantes quanto sua
habilidade nos campos de batalha.


IMPORTÃNCIA - A Nihon Karatê Kyokai Honbu-Dojo em seus Gashukus ( 2 x por ano ) faz questão de abordar o REIGI.



1- Tão importante quanto aprender a dar chutes e socos é aprender o comportamento
adequado a determinada situação e a maneira correta de externar esse comportamento.

2- É importante saber lutar selvagemente e em contrapartida portar-se com educação e sutileza de um verdadeiro gentleman. (verdadeiro budo-ka).

3- Com as pequenas demonstrações de etiqueta e educação é que se reconhece o
verdadeiro karateca, que é diferente de um amontoado de pessoas truculentas
praticando violência gratuita.

4- Preservar o espírito de Kokufu Bunka Karatê-Dô, i.e., manter costumes do Karatê
com base na antiga tradição do Bushidô japonês. Pois REIGI é uma das sete
virtudes do guerreiro japonês : Seigi : determinação, Yuki : bravura heroísmo
Jiin : compaixão, Reigi: respeito ação correta, Makoto: verdade sinceridade,
Meiyo: honra e glória, Chugi: devoção lealdade.

5- Karatê começa com Rei e termina com Rei. Karate-dô wa rei ni hajimari rei ni
owaru koto a wasaruna. ( G.Funakoshi em seu Nijukun ).

6- No dojokun : Reigi o omonzuru-koto. Respeito acima de tudo. Importante também é saber externar esse respeito.
Cumprimentos são atos de respeito às pessoas que demonstram respeito (Y.Sasaki).

7- Formalidades no dojo similar a formalidades da vida ( pessoas com boa educação
aumentam as chances de ascensão profissional e social ).

8- Reigi ajuda com o passar dos anos a segurar e controlar as emoções: arrogância
grosseria, prepotência, soberba. Ajuda o karateca a pensar em grupo e não
individualmente. Organiza a hierarquia dos praticantes.

9- Harmoniza o grupo para um determinado objetivo.








ANTES DE ENTRAR NO DOJO :

Cuidados com sua apresentação pessoal: banhos tomados, dentes escovados, barba feita, unhas aparadas, pés limpos, higienizados e sem odor, evitar perfumes fortes.

O dô-gi deve estar limpo, com todas as tiras amarradas, não andar com a faixa pendurada no pescoço ou nos ombros.

Remover relógios, anéis, brincos, alianças, colar, cordão e qualquer outro adereço ou acessório.

Trocar de roupa em local apropriado. Chinelos com a ponta virada para a parede. Não ficar se arrumando, penteando os cabelos, na frente dos colegas e principalmente na frente do Sensei.

Não levar e consumir alimentos, bebidas inclusive água, balas, chicletes, para dentro do dojô.

Não chegar atrasado. Se isso ocorrer, permanecer em seiza até autorização p/ entrada. Seiza não é ajoelhar e também não é agachar.





PROTOCOLO DE INICIO Sensei se posiciona de frente ao Kamiza.
Karatecas que se encontram fora do dojo levantam em sinal de respeito.
Senpai comanda: Alinhamento
Seizá
Mokussô
Kaigan (mokussô yamê)
Shomen ni Rei
Sensei ni Rei
Senpai inicia o aquecimento que terá a duração de no máximo 10 % da duração da aula, respeitando assim SHIN-GI-TAI. 60,30,10.


Curiosidades:

Objetivo do Mokussô : KOKYU WO TOTONOERU, KOKORO WO TOTONOERU – ajustar, organizar a respiração com a mente ( coração, espírito ). Preparar-se mentalmente para uma intensa atividade. Desacelerar-se das atividades diárias e buscar um estado de equilíbrio. Limpar a mente ( buscar estado de espírito de Mushin ).

Tempo de Mokussô : SHIN KOKYU DYU KAI (dez respirações profundas).







PROTOCOLO FINAL
Sensei se posiciona de frente ao Kamiza.
Karatecas que se encontram fora do dojo levantam em sinal de respeito.
Senpai comanda: Alinhamento
Seizá
Mokussô
Dojokun
Kaigan (mokussô yamê)
Shomen ni Rei
Sensei ni Rei
Otagai ni Rei
Esperar Sensei sair do Dojo, levantar por ordem de graduação. Limpar Dojo.




DURANTE A AULA

1- Silencio, falar o mínimo possível e somente sobre a matéria da aula.

2- Não cruze os braços, não coloque as mãos na cintura.

3- Não encoste nas paredes.

4- Olhe para o Sensei quando ele estiver explicando algo.

5- Não questionar a aula para demonstrar erudição, conhecimento, inteligência. Você esta no dojo para aprender e não para satisfazer seu EGO. Pergunte o que realmente tem duvida.

6- Menos graduado não corrige, não chama atenção do mais graduado. Lembrando que há respeito à hierarquia mesmo entre pessoas de mesmo kyu ou dan.

7- Se você estiver com dificuldade para executar uma técnica, primeiro observe os outros, se ainda não conseguir realizá-la peça auxilio ao instrutor ou Sensei.

8- Quando Sensei estiver demonstrando um exercício, sente-se primeiramente em Seizá para demonstrar educação e respeito, após se estiver cansado sente-se em Agurá ( pernas cruzadas ), nunca estique as pernas.

9- Se estiver visitando algum dojo, tenha senso de observação. Em Roma seja um romano. Tenha sempre a mente de principiante (SHU). SHU-HÁ-RI ( defesa, ruptura, expansão, fases evolutivas do aprendizado de Bu-Dô ).

10- Para perguntar algo, primeiro formule mentalmente a questão e só após, se tiver coerência e lógica pergunte. Evite criar constrangimento para si com perguntas sem sentido ou mal formuladas. (alguém já sentiu vergonha alheia ?).

11- Mantenha a mente clara, não se apegue às palavras, capte o verdadeiro objetivo do ensinamento. Exs. Matar adversário. ( apenas conceito ). Chutar mawashi-geri como mãe-geri ( não é para criar uma nova técnica ), colocar sangue no katá ( não é para se ferir).

12- Se tiver algum relógio de parede ou similar, evite olhar para ele. Parece estar descontente com a aula.

13- Nos exercícios (katas) esperar a contagem do Sensei. Dominar a ansiedade faz parte do aprendizado. O comando de YAME deve ser obedecido prontamente.

14- Treinamento em dupla : cumprimentar olhando os olhos do adversário. Diferente do cumprimento de respeito para com autoridades, visitas, Senseis, Kamiza.




QUANDO ESTIVER SUBSTITUINDO SEU PROFESSOR

1- Karatê é visual. Falar menos demonstrar mais.

2- As aulas devem obrigatoriamente ter um horário inicial e um horário para termino. As aulas devem ter começo, meio e fim. Se não tem segurança, prepare a aula antes, ou siga um roteiro para evitar situações vexatórias.

3- Você está ensinando karatê, e não filosofia budista, xintoísta, anatomia. Você também não é um oráculo, profeta ou xamã. Ensine filosofia do budo que outros aspectos da vida virão a tona naturalmente. Cuidado para não emitir pseudo-conhecimentos.

4- Procure ensinar somente o básico, os fundamentos. Cada aluno desenvolverá sua própria habilidade. Simples bem feito derruba adversário. Golpe bonito é para tirar foto e colocar na parede.

5- Não utilizar exemplos envolvendo religiões, raças, crenças etc., evite denegri-las de qualquer forma. O mundo é uma pluralidade de idéias. Cada um...Cada um...

6- Você exige respeito e disciplina. Tenha respeito e disciplina. Hipocrisia é tentar convencer-se da própria mentira.

7- As metodologias de ensino aplicadas nas universidades, são aplicáveis ao karatê, procure se inteirar sobre elas. Ex. metodologia do ensino superior ( G.Funakoshi sempre ensinou o karate nas universidades : Takudai, Waseda, Tóquio, Keio, etc.).






IMPORTANTE

1- Não chamar professores japoneses e/ou tradicionais pelo pré-nome, mas sim pelo nome de família ( sobrenome ) seguido por sensei. Ex.; Silveira Sensei.

2- Não estabeleça contato físico com alguém de hierarquia maior que a sua, a não ser que ela inicie contato. Ex: aperto de mão, tapinha nas costas, abraços, etc.
3- Evite costume brasileiro de intimidade, sempre conserve a formalidade, principalmente com Senseis japoneses ( ele veio para ensinar e não para fazer amizade com você ), visitantes de outra academia, autoridades. Ex: abraçar para tirar foto,contar piadas, rir e falar alto, fazer brincadeiras, etc.

4- A iniciativa do cumprimento ritsurei é da pessoa com hierarquia inferior. Após assuma postura ereta demontrando atenção. OBSERVAÇÃO: existe diferença no cumprimento ritsurei para adversário e para com seu sensei e/ou autoridades. Não tirar os olhos do adversário que você poderá ser atingido, é um descuido seu. EX. Mau caráter em competições: estenderá as mãos para você que inocentemente levará um mãe geri fatal.


5- Não se influenciar por atitudes heterodoxas, ou diferentes no meio do karatê. Nosso exemplo é nosso Sensei. Ex.: karatecas utilizando tênis de taekwondo para treinar, karateca faixa preta usando faixa branca, azul ou coral, karateca dentro do dojo, trajando bermuda com casaco do kimono ( horrível ).

6- Jamais tente se impor por sua força física, qualidade técnica, habilidade pessoal fora do dojo, com palavras intempestivas, inconseqüentes e grosseiras. Não traga para o dojo os fracassos ou os sucessos da sua vida pessoal. Dentro do dojo todos são iguais.


7- Importância do Sensei em uma academia de Budo, consiste em ser possuidor de conhecimento técnico, teórico, iluminador do caminho, mas principalmente em ser herdeiro de uma linhagem de anos. Somente um sensei por academia ou grupo de academias, visando assim a unidade de pensamento e ações.

8- Hierarquia do kokufu bunka karate-do, similar a hierarquia do bushidô japonês da época dos samurais ( Imperador-Shogun-Daimyo-Samurai )


9- Lealdade do Samurai ( 47 honin ) igual lealdade do karateca perante sua academia e seu Sensei.

10- Existe uma enorme diferença em obter conhecimentos na Internet ( limitado e virtual) e processar e aplicar esses conhecimentos no dojo e na vida. ( ilimitado e real ).


11- Seja sempre um pacificador, busque a Grande Paz, procure não falar mal dos outros, não comparar pessoas, não discutir aspectos internos do dojo com visitas, não incentivar ou alimentar discórdia entre pessoas. Harmonizar sempre. O maior beneficiado será você mesmo. Ex. Katá kankudai integração entre corpo, mente e espírito.

12- O maior inimigo a ser derrotado é você mesmo, ou seja seu EGO. Vaidade, inveja, prepotência, orgulho, visão distorcida da realidade, preguiça, desanimo, etc.
Exemplo comparativo:
-Pessoas pobres de espirito ostentam seu dinheiro, seus carros de luxo, suas casas confortáveis, as viagens que realizaram, seus títulos acadêmicos, seus amigos importantes.
-Karatecas sem espírito de budo além de ostentar as mesmas coisas citadas, ostentam a força física que adquiriram nos treinos, habilidade técnica, medalhas, graduações elevadas, faixas desbotadas (ou lavadas) para demonstrar antiguidade.
São todos farinha do mesmo saco. Ou melhor dizendo acho que o karateca que teve a oportunidade de aprender ensinamentos do Budô está em pior situação. Karatê não ensina ser pobre, ensina ser humilde,





RESPEITO E DISCIPLINA

São a base de todo aprendizado do karatê e da própria vida, são “conditio sine qua non” para se atingir outros patamares do estudo da filosofia do Budô.
Ex. zanshin aplicado na vida financeira, metsuke para uma visão do todo, maai físico e psicológico, sutemi verdadeiro e não um aparente desprendimento, meikyo shissui evitando ilusão da mente, heijo shin quando surge problemas na vida pessoal, kyo e jitsu aplicado aos negócios, satori como principal objetivo do homem, etc.




Marcos Oyamada, agosto/2012.

segunda-feira, 4 de março de 2013

Encontro das academias de Paranavaí e Paraíso do Norte






Associação Londrinense de Karate 
Domingo dia 03/03/2013
Alunos de Paranavaí e Paraíso do Norte.